Brighton escolhe Roberto De Zerbi para ser o substituto de Potter como técnico

Sucesso de De Zerbi no Sassuolo foi o que mais chamou a atenção dos dirigentes do Brighton, que escolheram o italiano para substituir Potter

brighton

O Brighton Potter escolheu seu novo técnico para substituir Graham Potter, que foi para o Chelsea. Roberto De Zerbi, ex-treinador do Sassuolo e do Shakhtar Donetsk, contrato de quatro anos e será apresentado à imprensa nesta terça-feira. Aos 43 anos, o italiano terá um grande desafio para manter o bom desempenho que o tempo vinha tendo com o antecessor.

O acordo foi fechado no final de domingo. De Zerbi se encontrou com o dono do clube, Tony Bloom, o executivo-chefe, Paul Barber, e o diretor técnico, David Weir, alguns dias atrás. Ele viajou para a Inglaterra na sexta à noite. Assistiu ao amistoso a portas fechadas no estádio Amex no sábado à tarde. Ele será apresentado à imprensa apenas nesta terça como forma de respeito ao funeral da Rainha Elizabeth II, que acontece nesta segunda.

De Zerbi é ex-jogador, um meia ofensivo, formado nas categorias de base do Milan, mas que pouco conseguiu jogar na Serie A. Foram apenas três jogos na primeira divisão italiana. Fez a carreira toda na Serie B, com 20 gols em 132 jogos. Foram 60 jogos pelo Foggia, o clube que mais defendeu, outros 42 como Napoli e 35 com o Catania. Chegou a jogar também no Cluj, da Romênia, e foi pelo clube que atuou cinco jogos na fase de grupos da competição.

Como técnico, iniciou a carreira pelo Darfo Boario, um clube na época na Serie D italiana. Foram poucos meses até que foi chamado para dirigir o Foggia, o clube da sua carreira como jogador, em 2014. Ele passou perto de levar o clube ao acesso na Serie C, mas perdeu nos playoffs para o Pisa. Em 2016, ele foi para o Palermo, mas sua passagem pela Sicília durou muito pouco: foram apenas 13 jogos, com resultados muito ruins, incluindo uma série de sete derrotas consecutivas.

Foi contratado como técnico do Benevento em 2017, na Serie A, onde ficou uma temporada. Assumiu em outubro de 2017 e ficou até o fim da temporada, em junho de 2018. Apesar do clube ter sido rebaixado para a Serie B, ele foi elogiado pelo estilo de jogo e pelas boas contratações que fez. Com isso, chamou a atenção do Sassuolo, que o contratou para a temporada seguinte.

Foi nos neroverdi que conseguiu um sucesso grande. O time foi elogiado pelo bom futebol que apresentava, o bom desenvolvimento de jogadores e os bons resultados, com dois oitavos lugares consecutivos. Em 2020/21, perdeu a classificação à Conference League para a Roma apenas no saldo de gols.

Após deixar o Sassuolo, ele assumiu o Shakhtar Donetsk, em maio de 2021. Conquistou a Supercopa da Ucrânia, em jogo contra o Dynamo Kiev, mas deixaria o clube antes do fim da temporada. Em julho de 2022, já no contexto da invasão russa à Ucrânia, ele deixou o Shakhtar, em uma temporada que não acabou no futebol ucraniano por causa da guerra. Ele estava sem trabalho desde então.

“Estou absolutamente emocionado que Roberto concordou em se tornar nosso novo treinador. As equipes de Roberto jogam um futebol emocionante e corajoso e estou confiante de que seu estilo e abordagem tática se adequarão perfeitamente ao nosso atual elenco”, afirmou o dono do clube, Tony Bloom.

“Roberto mostrou sua habilidade indiscutível com seu trabalho na Itália e na Ucrânia, e o que ele conquistou no Sassuolo certamente se destaca. Em sua curta passagem pelo Shakhtar, ele teve mais sucesso, levando o clube à conquista da Copa e liderando o campeonato ucraniano antes que a guerra interrompesse abruptamente sua passagem por lá”, afirmou o diretor técnico David Weir.

“Estamos muito satisfeitos em receber Roberto e estamos ansiosos para apresentá-lo ao nosso elenco, além de dar todo o apoio que ele precisa para introduzir sua filosofia de treinamento e ajudar os jogadores a continuarem seu brilhante início de temporada”, continuou Weir.

“Examinamos uma série de excelentes candidatos, mas Roberto foi nossa escolha número um desde o início e a única pessoa com quem conversamos. Não é segredo que nosso presidente monitora constantemente treinadores em potencial, tanto aqui em nossas ligas domésticas, em toda a Europa e em todo o mundo, como parte de nosso trabalho de planejamento de sucessão”, disse Paul Barber, executivo-chefe do clube. “Sentimos que Roberto é o ajuste cultural e técnico ideal para Brighton e a pessoa certa para continuar o progresso do clube e trabalhar com este excelente grupo de jogadores”.

O Brighton que De Zerbi recebe está em quarto na Premier League, com quatro vitórias, um empate e uma derrota em seis jogos na temporada. São 13 pontos, quatro pontos a menos que Manchester City e Tottenham, segundo e terceiro colocado. O líder é o Arsenal, com 18 pontos. O time volta a campo no dia 1º de outubro, depois da data Fifa desta semana, contra o Liverpool, fora de casa.

Que tal, comprar camisa do Brighton ? Confira nossa Loja do Capita.

“Não tem pé nem cabeça”; Gringo do Athletico é cotado no West Ham

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest