Ramires, ex-Joinville, Cruzeiro, Chelsea e Palmeiras, anuncia aposentadoria dos gramados

Ex-volante também defendeu a seleção brasileira em duas Copas do Mundo

Ramires anunciou oficialmente a aposentadoria dos gramados aos 35 anos. Em postagem nas redes sociais, o agora ex-volante fez um agradecimento aos clubes que defendeu e à seleção brasileira, pela qual esteve presente em duas Copas do Mundo (2010 e 2014). 

– Depois de algum tempo refletindo, gostaria de comunicar que decidi encerrar oficialmente a minha carreira como jogador de futebol profissional. Nesse momento, só me resta agradecer primeiramente a Deus por Ele ter me capacitado e me conduzido aos patamares mais altos que o esporte pode oferecer. Muito obrigado também a todos os clubes pelos quais passei. Sempre levarei vocês e seus torcedores em meu coração – postou.

Ramires foi revelado pelo Joinville, onde se profissionalizou na equipe em 2006. Posteriormente, se transferiu para o Cruzeiro. 

Em 2009, foi negociado com o Benfica, de Portugal. Depois, defendeu o Chelsea. Pelo clube inglês, conquistou grande parte dos títulos da carreira, como a Liga dos Campeões. 

Entre 2016 e 2019, atuou no Jiangsu Suning, da China. O retorno ao Brasil aconteceu em meados de 2019, para defender o Palmeiras.

Pela Seleção, Ramires jogou duas Copas do Mundo (2010 e 2014), uma Copa América (2011) e foi campeão da Copa das Confederações de 2009. Nos Jogos Olímpicos de 2008, foi medalha de bronze. 

– Gratidão também à Seleção Brasileira de Futebol por ter me proporcionado o prazer de disputar duas Copas do Mundo, o que foi a realização de um sonho.

Ramires também lembrou dos ex-companheiros, funcionários dos clubes e familiares na mensagem de despedida do futebol profissional. 

– Grato também a todos os companheiros de time, funcionários, treinadores e dirigentes que tive o prazer de trabalhar. Aos meus familiares, mãe, filhos, irmãos e verdadeiros amigos, muito obrigado por terem estado do meu lado incondicionalmente durante todos esses anos, vibrando por cada conquista minha como se fosse a de vocês, o que sempre foi a minha maior força e motivação. Vou seguir para outros rumos, mas com a mesma felicidade e coragem que tive desde pequeno, quando, contra todas as expectativas, saí da minha cidade no interior do Rio de Janeiro para ganhar o mundo. Obrigado por tudo, futebol!

Que tal, comprar camisa do Palmeiras 1996 ? Confira nossa Loja do Capita.

Dembélé relembra período difícil no Barcelona

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest