Entenda os motivos pelos quais o Grêmio não abre negociações com Marcelo Grohe

Ex-goleiro tricolor ficou de fora dos últimos jogos do Al-Ittihad e pode ser dispensado do clube árabe.

O Grêmio anunciou nesta quarta-feira a chegada de Agustín Marchesín. Porém, o nome de Marcelo Grohe, ídolo do clube, ressurgiu recentemente com a possibilidade de demissão do Al-Ittihad. O vice de futebol Antônio Brum explicou porque não houve evolução para Grohe.

Campeão da Copa do Brasil 2016 e da Libertadores 2017, Grohe toca a imaginação do torcedor. O goleiro foi titular do Al-Ittihad, mas desde a chegada do técnico Marcelo Gallardo perdeu espaço e pode ficar livre no mercado.

Foi comunicado que ele estava fora dos planos, embora não tenha havido evolução devido à rescisão antecipada. Porém, devido às peculiaridades do mercado árabe, é difícil determinar se o futuro da Grohe está fora do Ittihad.

O Grêmio anunciou substituto já…

Mas agora o Grêmio já tem um novo goleiro. Marchesín é esperado em Porto Alegre até o final da semana e estará no comando da disputa da Libertadores. Questionado se havia interesse em Grohe, o vice de futebol esclareceu o assunto.

  • Desde que estou no Grêmio, procurei três vezes informações sobre o Grohe. Fiz três contatos deixando as portas abertas para ele. No início da gestão de Guerra, quando não sabíamos se íamos contratar goleiro ou não, ele acabou renovando contrato na Arábia Saudita. Depois, em outubro, quando se fechavam os filtros dos nomes para o início da temporada, para saber se ele voltaria ao Brasil ou não. Disseram-me que não tinha definição. E o último contato foi quando ficou de fora da semifinal da Copa do Mundo. Todos disseram que ele foi cortado por decisão técnica, mas ele sofreu uma lesão durante um treino e não havia nada definido sobre sua saída – disse o vice-presidente de futebol Antônio Brum.

Quando são feitas essas jogadas, que deixam as portas abertas para o jogador e mesmo com a notícia, o jogador não procurou o Grêmio, talvez não seja o desejo do jogador vir para o Grêmio. Fizemos a nossa parte.

  • Antonio Brum

Por parte da comissão técnica do atleta, a explicação é que, na verdade, o clube gaúcho só o abordou quando a situação com o Al-Ittihad foi bem resolvida. Depois de traçado o cenário para Gallardo não utilizá-lo, o Tricolor não fez mais questionamentos.
Na resposta de Antônio Brum é possível perceber que o clube esperava uma busca pelo atleta, o que não aconteceu. Sendo assim, o Grêmio iniciou novas negociações e acabou fechando com o argentino Marchesín.

  • Esse outro goleiro que vem queria muito vir para o Grêmio. Ele desistiu de muita coisa. Ele está lutando mais porque precisávamos que ele se libertasse de graça e ele conseguiu. O mercado está direcionando. Consultamos o Grohe e o que ele preencheu é o que estamos avançando para que seja finalizado – acrescentou o diretor.

A contratação de Marchesín preenche uma lacuna no plantel. Com formação europeia, o jogador de 35 anos chega para ser peça importante na campanha da Libertadores.
O clube agora prioriza a busca por um centroavante. O clube chegou a ter negociações avançadas com Funes Mori, mas o jogador optou por se transferir para o Pumas, do México. Aboubakar foi procurado, mas este negócio é considerado mais complicado.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest