Pumas divulga lesão no joelho de Daniel Alves, mas jogador desmente

Clube mexicano publica nota sobre problema físico de lateral a dois meses da Copa do Mundo, mas lateral garante: “Está tudo bem, tudo tranquilo”. Time, depois, apaga post

O Pumas, do México, lateral-direito Daniel Alves sofreu lesão colateral medial do joelho direito. O clube confirmou que não há lesão e depois que não foi explicado pelo jogador brasileiro depois de jogar pelo jogador pancada no treino. O clube, posteriormente, apagou a publicação.
“Como falamos no Brasil, vão zícar outro. Eu acho a pessoa que escreveu isso (a nota do site Pumas) não estava informado da situação real”, disse Daniel.
— No treino, na véspera da viagem, o Diogo, meu amigo Diogo, brasileiro que comigo, acabou me acertando na última jogada do treino. Por, a gente pensou não viajar para o último jogo, já não tem nada em jogo mais Temos grandes objetivos para lutar por eles, e no final das contas, tomou essa decisão de não viajar. Mas graças ao bom Deus, está tudo bem, tudo tranquilo — afirmou o jogador.

Horas depois do posicionamento de Daniel, o Pumas excluiu o post no qual divulgava o problema. Nova lesão deixaria em alto risco as chances do jogador de cumprir o sonho de ir para outra Copa do Mundo, a menos de 60 dias do pontapé inicial no Catar. Antes do Mundial da Rússia, em 2018, o brasileiro sofreu lesão e operou o mesmo joelho direito. 

Uma lesão ligamentar no joelho direito tem tempo de tratamento variado, a depender do grau da lesão ligamentar – grau 1 a 3. A recuperação pode variar de seis semanas, no mínimo, a até quatro meses. 

No Pumas, Daniel Alves fez 12 jogos, com seis derrotas, cinco empates e uma vitória. Foram três assistências e nenhum gol. O jogador de 39 anos vinha atuando como meio de campo e ficou de fora da última lista de Tite.

Nas redes sociais, Daniel Alves comentou publicação sobre a lesão e tentou tranquilizar a todos. 

– Vão zicar outro, pelo amor de Deus ? ?! Meu amigo Diogo me acertou no treino e por precaução não viajei ????? – escreveu.

Na comissão técnica brasileira, o sentimento já é de preocupação pelo ritmo de jogo do veterano por conta da inatividade que Daniel Alves será obrigado a passar – pois o Pumas ficou de fora dos playoffs do México e não tem calendário até o Mundial, em novembro. 

Nos amistosos, na França, contra Gana e Tunísia, com duas vitórias brasileiras (3 a 0 e 5 a 1), o treinador colocou Éder Militão na lateral direita e Danilo, titular da equipe, em outro jogo. 

Tite também convocou Ibañez, zagueiro da Roma, que faz também a lateral direita.

Que tal, comprar camisa do México ? Confira nossa Loja do Capita.

Xavi foi o escolhido para tentar reconduzir o Barcelona à sua plenitude tática

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest