Jack Grealish: “Não joguei no melhor do meu jogo desde que fui para o City”

Contratado por € 100 milhões em 2021, Grealish admitiu que ficou abaixo do esperado, mas se anima com o começo de temporada e projeta ano melhor

Jack Grealish foi uma das grandes transferências do mercado de verão europeu em 2021. Custou incríveis € 100 milhões ao Manchester City para tirá-lo do Aston Villa, de onde era ídolo e capitão. Desde então, ele ainda tenta se estabelecer como um destaque do time. A primeira temporada foi abaixo do que se esperava, algo que o jogador mesmo admitiu em entrevista nesta quarta-feira, na seleção inglesa. O camisa 10 do City espera que este seja o seu ano e diz que já mostrou lampejos.

“Acho que lido bem com pressão, mas eu sinto que posso começar a jogar muito melhor”, disse Grealish em coletiva de imprensa da seleção inglesa, que enfrentará Itália e Alemanha pela Liga das Nações. “Provavelmente não joguei no melhor do meu jogo desde que fui para o City, mas acho que mostrei lampejos disso nos últimos dois meses, especialmente, tentarei manter minha cabeça baixa o quanto puder, trabalhar muito duro e esperar que as coisas boas aconteçam”.

A mudança para o City, vindo Aston Villa, tem exigido adaptação do jogador, que era um grande destaque no Aston Villa. Apesar das dificuldades, ele faz muitos elogios ao técnico Pep Guardiola. “É completamente diferente do modo como era no Villa. Acho que no Villa eu era mais livre”, afirmou o jogador.

“No City, há mais estrutura. Eu tenho um grande relacionamento com o técnico. Disse isso em muitas entrevistas e nunca vi nada como o modo como ele pensar e o modo como ele olha para o futebol”, disse Grealish, relatando a admiração por Guardiola.

“Ele está obcecado com isso e você pode dizer o porquê e ver o porquê. Eu sei que as pessoas podem estar dizendo que estou jogando um pouco diferente do que eu costumava jogar, mas acho que isso acontece pelos jogadores com quem estou jogando também”, disse.

“Eu era capitão no Villa e um dos primeiros nomes na escalação. Quando você vem para o City, e isso não é nenhum desrespeito ao Villa, você tem jogadores como Kevin [De Bruyne], Phil [Foden], e poderia seguir dizendo nomes”, disse ainda o jogador. “Nós temos até um lateral no momento com João Cancelo que eu vejo como um dos melhores pontas do mundo. É obviamente diferente e difícil às vezes”.

“Estou jogando com muitos jogadores de elite, isso obviamente iria mudar um pouco o meu jogo. Nunca seria o mesmo jogador porque estou jogando em um clube diferente, um time diferente, com um técnico diferente. Espero que este seja o começo da minha temporada e possa seguir daqui”, continuou o camisa 10 do City.

Depois da vitória por 3 a 0 do Wolverhampton na última rodada, Kevin De Bruyne comentou que jogadores ingleses como Grealish são injustamente tratados por causa da mentalidade do país de criticar os jogadores locais. Quando perguntado sobre essa declaração, Grealish devolveu: “Eu perguntarei a você, você concorda?”, respondeu o jogador.

O repórter concordou com a afirmação e o jogador do City respondeu rindo: “Eu não sei, quero ser amigo de todos vocês!”, brincou. “Posso obviamente dizer de onde isso está vindo. Mas acho que é assim que é neste país, especialmente se você for eu mesmo, jogando por um dos maiores clubes do mundo, que está ganhando troféus todos os anos”.

“E obviamente quando eu tenho essa etiqueta de preço na minha cabeça, as pessoas irão querer falar. É algo que tenho que me acostumar a lidar. “Eu continuo voltando a isso, dizendo que abrace isso e é apenas parte integrante, realmente. Mas, sim, eu vejo de onde ele está vindo um pouco”.

Grealish está com a seleção inglesa que enfrenta a Itália nesta sexta, 23, e depois joga contra a Alemanha na terça-feira, 26, pela Liga das Nações.

Que tal, comprar camisa do Manchester City ? Confira nossa Loja do Capita.

Entenda a diferença entre chuteiras FG e SG para campo

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest